INTRODUÇÃO

Escrever sobre a minha terra não é tarefa fácil. Sinto-me profundamente ligada às pessoas e aos lugares, de modo que escrever sobre isso, é também escrever sobre as minhas origens.
Para o fazer terei de recuar no tempo o quanto a memória colectiva mo permita e sempre sujeita a falhas e esquecimentos quiçá relevantes.
Ler mais...

PASSAGEM DE TESTEMUNHO

- Anda moço, não fiques para trás!
- Dei uma topada naquele pedregulho e custa-me caminhar!
- Bem sabes que temos de acompanhar os outros, não quero ficar com uma novena a menos.
- Pronto, está bem..., mas não sei porque temos
de ir a pé enquanto alguns vào de burro ou a cavalo!
- Cada um vai conforme as suas posses. Cala-te
e reza.
Ler mais...